Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Nesse período de crise, meu moto G foi pro brejo. O alto falante dele não está funcionando, aliás é um problema crônico desse modelo o XT1033, e antes de comprar as chaves para abrí-lo e ter alguns possíveis gastos adicionais como ter que comprar alto-falantes novos e fazer teste de continuidade para verificar se está bem, além do tempo de espera para peça chegar, peguei da gaveta um celular antigo que tenho com root. O modelo é um Lenovo A760 que comprei há um tempo da China, cerca de 2 / 3 anos atrás. O Android dele original é o 4.1 Jelly Bean e o processador dele é um quad-core muito bom, um snapdragon s4 play muito bom, mas estava acostumado com o Lollipop que tinha no moto G, então resolvi atualizá-lo para o CyanogenMOD 11 baseado no Android KitKat (É a versão mais atual que consigo atualizar pro meu dispositivo).

Para minha surpresa, em 3 dias usando a nova ROM tive que carregar o celular de 6 a 7 vezes. Como a bateria do Lenovo é destacável e tenho algumas adicionais, troquei a bateria e nada. Passei então a verificar temperatura do celular, para isso, recomendo esses aplicativos de "device test" ou "device doctor" que são muito bons na Google Play. O celular estava esquentando bem e fui verificar na sessão "Bateria" do menu Android o que estava consumindo tantos recursos da minha bateria. E não é que o maldito Google Play services estava consumindo boa parte da minha bateria? Entenda o que é a Google Play services, como corrigir esse problema, e, se nada der certo, aprenda a viver sem.

Este post é destinado para usuários com ROOT e com alguma experiência em sistemas Android / CyanogenMOD. Se for mexer no seu celular, faça por sua própria conta em risco.



Para que serve a Google Play services?

Você não precisa saber a definição aprofundada do maldito Google Play Services, aliás, não conheço ninguém que fique clicando no Play Services para fazer alguma coisa. Na verdade, a gente só sente que o Play Services existe por dois fatos:

-A primeira é que se você tiver pouco memória no seu dispositivo, ele vai ajudar ainda mais a ferrar sua vida e consumir o pouco espaço que você já tem.

- A segunda é que se você tiver problemas de bateria, ou seja o que for com ele, e forçar uma desinstalação (só para usuários com root), aplicativos da Google como "Google Play", "Hangouts", "Gmail", "Inbox" e "Youtube" não irão mais funcionar. E o pior não é isso, é que se você não tem a Google Play Store funcionando, seus aplicativos nunca mais irão atualizar (E isso é um grande problema até mesmo com relação a segurança - pois aplicativos de banco e messengers precisão ser atualizados para garantir alguma segurança da sua conta ou privacidade das suas conversas).

Na verdade a existência do Google Play Services é o que torna o Android mais proprietário e o menos livre possível, apesar de ser um sistema de código aberto. Iniciativas da Microsoft e da BlackBerry de portar aplicativos Android para o seus respectivos sistemas mobiles esbarraram no entrave da Google Play Services. A Cyanogen, empresa que desenvolve o CyanogenMOD tem a intenção de afastar o Android do Google cada vez mais para não acontecer tais problemas. Segundo as palavras do CEO da Cyanogen, Kirt McMaster: “estamos tentando levar o Android para longe do Google.” Basicamente, McMaster quer viver em um mundo onde o Android é uma plataforma totalmente aberta até o núcleo, para que mais desenvolvedores possam criar serviços e plataformas altamente integradas ao sistema operacional.

As alternativas de correção do Google Play services drenando sua Bateria. Isso existe?

Alguns desenvolvedores da comunidade Android esbarraram com essa limitação do Sistema, e proporam algo. A mais interessante é o módulo
"xeed.xposed.dngmod" que foi descontinuado pelo seu desenvolvedor, não sei o motivo.

Se você está passando por problemas de alto consumo de bateria pelo Google Play Service, existe um aplicativo chamado GServiceFix que no meu caso não resolveu nada, mas você pode tentar. Em alguns dispositivos, dizem que ele resolve o problema.

 

Artigos Relacionados:

1. Smartphone tá caro no Brasil?
2. A ANATEL E SEU CARTEL
3. Carros Autônomos já são uma realidade?


E se nada der jeito, como viver sem o Google Play Services?

E se você for como eu, que se "emputec**" com o Google Play Services e quer viver sem ele, aqui vai algumas dicas.

 

Lojas de Aplicativos:

Atualmente estou usando duas.

F-Droid

 

A F-droid uma loja de aplicativos livre de código aberto. É possível encontrar aplicativos livres e bem interessantes nessa loja, bem como ter em mãos o código fonte das aplicações.

 

Loja Aptóide

Em locais onde a Google Play não opera devido a problemas políticos / legislativos / regionais ou entraves burocráticos, o aptóide é muito popular nessas regiões. E o melhor, essa loja se preocupa em atualizar seus aplicativos tais como Whats App, Telegram, Firefox, Super Su, entre outros. Vale a pena conferir.


*Dica, não confio e recomendo não ficar baixando aplicativos de banco em lojas alternativas, já que não é a equipe desenvolvedora do aplicativo do Banco que lança ele em lojas como o Aptóide. Além disso, aplicativos de banco na loja aptóide parecem estar desatualizados em relação as versões da Google Play. É preciso prestar atenção nisso.


Alternativa ao Gmail - Use um cliente de e-mail que suporte configuração de conta POP3 ou IMAP e configure sua conta.


Alternativa ao Youtube - Use o NewPipe que roda vídeos do youtube sem precisar do Google Play services. Você pode baixar o NewPipe através da loja F-droid.

 

Conclusão

Aos poucos vão surgindo alternativas quanto ao uso do Google Play Services. Nenhuma delas é definitiva no momento, mas representam alternativas, já que o Google Play Services para Kitkat / CyanogenMOD 11 não é atualizado. A equipe do Google está dedicando esforços no Google Play Services para Lollipop ou Marshmallow Android's.

No meu caso, não é uma alternativa, trocar de celular, já que tenho um hardware parrudo, esse Lenovo tem um processador Snapdragon arm quad core com 1 GB de RAM. Tem celular novo no Brasil que ainda não atingiu as especificações que tenho no meu Lenovo A760 de 2013. Também não apoio descartar um celular apenas pela atualização do SO somente (Gerar lixo eletrônico por conta do software?).

Enfim, com Play Services ou não, faça sua escolha. As alternativas estão postas na mesa foram dadas.

 

Grande Abraço,

Wendel.