Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Na minha vida e no meu trabalho priorizo muito a privacidade e a segurança da informação. Desde as principais revelações de Edward Snowden, passei a ficar muito paranoico. Parece até informação de sites "sensacionalistas", "apocalípticos" e "ufonistas extremos", daqueles que falam dos segredos das pirâmides do Egito mas não é. Houve mesmo nos EUA um programa secreto, conhecido com o codinome PRISM, que foi iniciado em 2007, permitindo a conexão da NSA com servidores das empresas através de um portal usado em espionagens. Eu não tenho informação nenhuma de que esse programa acabou. Inclusive segundo este site, o tribunal dos EUA não acabou com programa de vigilância da NSA, o PRISM. Acho que a vigilância do Estado passou dos limites. E não só do Estado, devemos nos precaver de tudo hoje em dia para não sermos interceptados e vigiados. A pergunta que faço agora é: Você acha mesmo que seus arquivos guardados em serviço de nuvem (cloud), e-mails e qualquer outra informação importante está segura?

Há uma outra fonte importante e em português que fala sobre o assunto. Segundo o próprio site, O site "Tem Boi na Linha?" é um guia prático de combate à vigilância do Estado e de outras instituições as nossas informações privadas.

 

Como principal medida a segurança dos meus dados, passei a usar o Telegram, que possui mensagens criptografadas. O WhatsApp criptografou muito tempo depois, e custo a acreditar na eficácia do sistema deles, já que quem comanda a empresa é o Facebook. Além disso, o Telegram fez enormes esforços para garantir a inviolabilidade da criptografia deles. E mesmo assim, não é garantido muita coisa. Sugiro que você tenha acesso Root no seu celular e instale um Firewall potente baseado no Iptables do Linux.

Por falar em Facebook, eu não tenho mais Facebook. Segundo matéria do G1, Gizmodo e Tecnoblog, a informação que caiu na mídia (e que ficamos sabendo) foi de que o Facebook tem um algoritmo que manipula as emoções na linha do tempo.E falo assim, porque é o que se sabe, o que não se sabe pode estar acontecendo, e podemos estar sem noção de nada. Depois que a linha do tempo deixou de ser temporal, agora estão também tentando fazer isso com o Instagram, a coisa ficou feia, é algo facilmente manipulável. A informação da sua timeline do Facebook não é nem um pouco confiável e pode ser bastante manipuladora. Por muitas vezes, post's meus nem apareciam para meus amigos. Esse algoritmo de timeline do Facebook me deixa tão cabreiro que prefiro não usar mais essa rede social. Dos que reclamam da Globo ser manipuladora, deveriam reclamar 10 vezes mais em relação ao Facebook.

Voltando ao assunto sobre segurança da informação, dizem que o Windows tem um Backdoor universal e até a fabricante Lenovo de PCs e Laptops teve um backdoor descoberto a nível da BIOS da placa-mãe de sues computadores. Pelo menos 6 fabricantes de HD's (Western Digital, Seagate, Toshiba, IBM, Micron Technology e Samsung) também já tiveram softwares espiões detectados em seus equipamentos segundo a Kaspersky. É muita sacanagem, não é?

Para quem não sabe o que é Backdoor a Wikipédia dá uma ajudinha:

Backdoor é um recurso utilizado por diversos malwares para garantir acesso remoto ao sistema ou à rede infectada, explorando falhas críticas não documentadas existentes em programas instalados, softwares desatualizados e do firewall para abrir portas do roteador.

Ou seja, terceiros estão tendo acesso ao seu sistema, a suas informações e você nem tem se dado conta disso.

Como solução, já falei do uso do Telegram com um bom Firewall no Android para mensagens, para PC's, a nível de S.O., eu tenho usado o sistema Linux. Segundo este site , Pai de Linus Torvalds afirma que NSA pediu brechas no código aberto do Linux. Pelo que eu saiba, o pedido foi recusado e , além disso, pelo fato de o Linux ser um sistema operacional de código aberto, qualquer código malicioso que fosse detectado poderia causar uma grande revolta em toda a comunidade e até mesmo surgur alguns fork's do kernel Linux. Backdoors no Linux e em qualquer sistema de código aberto são mais difíceis de serem encontrados e, se forem, são muito mais fáceis de serem corrigidos.

O próximo ponto que podemos ir agora é :

O porquê de tanta espionagem de dados

Quando era pesquisador, havia estudos que não progrediam por conta da falta de dados. Na ciência, se não é possível a coleta fidedigna de dados para análise de determinado fenômeno, fica difícil concluir qualquer coisa.

Nos mercados e na economia, a temporalidade de um dado é um elemento crucial para se ganhar muito dinheiro e, além disso, ter acesso a uma informação privilegiada pode fazer com que se fique milionário da noite pro dia.

Conhecendo e avaliando dados de consumidores é possível avaliar o comportamento, taxa de aceitação / rejeição de determinado produto, tendências, próxima compra, entre outros.

Agora você entende por que seus dados são tão importantes?

E o melhor de tudo, tendo dados, você pode vendê-los. Dados são bem valiosos. Basta colocar uma roupagem nos dados, que muitas vezes são privados ou deveriam ser confidenciais, para gerar relatórios, livros ou estudos bem valiosos.

Por isso, galera, tento deixar meus dados o mais seguro possível. Como parte 2 deste artigo, falarei sobre o Syncthing e o seu custo de operação. Com esse software, é possível criar sua própria nuvem e evitar que seus dados possam ser interceptados num servidor não-confiável ou  num servidor em que o usuário não sabe onde esteja ou de quem além dele tem acesso a estes arquivos.

O bate-papo é nosso. O que você tem feito para garantir a segurança de seus dados?

Deixe seu comentário.

Grande Abraço,
Wendel da Rocha.

 

{jcomments on}